NASA e bilionário Yuri Milner trabalham juntos para buscar vida em Encélado

Por Patrícia Gnipper | 08 de Novembro de 2018 às 20h25
NASA
Tudo sobre

NASA

De acordo com o New Scientist, a NASA estaria trabalhando junto com a Breakthrough Initiatives, organização do bilionário Yuri Milner, para viabilizar uma missão cujo objetivo será buscar algum tipo de vida em Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano líquido abaixo de sua crosta congelada.

A parceria consta em documentos assinados pela NASA e pela fundação de Milner em setembro, mostrando planos científicos, técnicos e financeiros para essa ambiciosa missão conjunta. A agência espacial dos EUA já teria destinado mais de 70 mil dólares para produzir um estudo conceitual para tal missão, com essa grana não sendo destinada à Breakthrough, mas sim servindo para cobrir os custos necessários ao projeto — que deve exibir o primeiro conceito no ano que vem.

Outra lua do Sistema Solar, Europa (de Júpiter) também abriga um oceano subterrâneo e, junto a Encélado, é outra candidata a abrigar algum tipo de vida, ainda que microbiana. Por isso, a NASA tem em seus planos a missão Europa Clipper, com previsão de início de trabalhos para o ano de 2022.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Europa (à esquerda) e Encélado (à direita), duas luas do Sistema Solar que podem abrigar algum tipo de vida em seus oceanos subterrâneos

Mas Encélado ficaria de fora, por enquanto e, por isso, uma parceria com o bilionário russo seria um avanço e tanto nesse sentido. Encélado é especialmente importante por conta da missão Cassini, que estudou justamente Saturno e suas luas e, portanto, nos forneceu muitas informações para viabilizar uma nova missão exploratória — e a cientista Carolyn Porco, da NASA, defende esse ponto de vista. Já Europa é mais desconhecida por nós (em comparação a Encélado) — só que a NASA não tem recursos suficientes para preparar missões simultâneas aos dois satélites naturais, com Europa sendo a escolhida.

O projeto Breakthrough Initiatives conta com os recursos de bilionários, como o fundador Yuri Milner, por exemplo, para planejar explorações e avanços científicos de maneira independente. Entre seus planos ambiciosos, está a criação de uma espécie de vela solar capaz de alcançar estrelas próximas, além de enviar uma mensagem espacial para que alienígenas nos descubram.

Fonte: New Scientist

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.