Warner anuncia o HBO Max, seu serviço de streaming para concorrer com a Netflix

Por Rafael Rodrigues da Silva | 09 de Julho de 2019 às 20h55
Tudo sobre

Warner Bros

Saiba tudo sobre Warner Bros

Ver mais

Nesta terça-feira (9), a Warner Media e a AT&T oficializaram qual será o streaming da companhia, que irá competir com na categoria com a Netflix, a Apple TV+ e a Disney+. Chamado de HBO Max, o serviço terá conteúdos da HBO, filmes e séries do extenso catálogo da Warner, além de produções exclusivas para o streaming.

No geral, a HBO Max trará conteúdos da Warner Bros., da New Line, da DC Entertainment, da CNN, da TNT, da TBS, da truTV, do canal CW, do canal TCM, da Cartoon Network, do Adult Swim, da Crunchyroll, da Rooster Teeth e de diversos outros canais e produtoras pertencentes à Warner Media. Mas, pelo menos por enquanto, o anúncio deu a entender que serão conteúdos selecionados dessas produtoras que farão parte da HBO Max, e não todo o catálogo de produções que eles tem a oferecer.

Dentre as produções que a Warner já revelou que farão parte de seu novo streaming se destaca a série Friends: todas as dez temporadas da série serão retiradas do catálogo da Netflix e se tornarão parte exclusiva da HBO Max. Como a Warner ainda não revelou se a HBO Max será lançada mundialmente ou se é um serviço disponível apenas nos Estados Unidos, ainda não é possível saber como ficará a reprodução de Friends aqui no Brasil após o lançamento do novo canal de streaming em 2020. Atualmente, a Warner tem usado a Netflix para passar algumas de suas produções que são exclusivas de streamings que não existem por aqui (por exemplo, a série Titãs, que nos EUA é exclusiva do serviço DC Universe, mas aqui no Brasil é transmitida pela Netflix) é possível que, caso a HBO Max não seja lançada por aqui, a série dos amigos ainda continue fazendo parte do catálogo brasileiro.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Outros conteúdos já confirmados no serviço é a série Um Maluco no Pedaço (que, assim como Friends, pode não influenciar na transmissão ao Brasil caso a HBO Max não lance por aqui. Atualmente, a série faz parte do catálogo da Amazon Prime Video), todas as temporadas de Pretty Little Liars (que, assim como Friends, também é transmitido pela Netflix aqui no Brasil) e pelas próximas séries da CW, como Batwoman e Katy Keene (série derivada de Riverdale), que chegarão ao HBO Max apenas trinta dias antes da estreia das novas temporadas no canal CW (por exemplo, a primeira temporada de Batwoman só ficará disponível no serviço de streaming um mês antes da segunda temporada da série estrear na TV).

Pelas poucas informações divulgadas, tudo indica que a entrada da Warner na onda dos streamings é mais uma tentativa de entrar em um mercado que cresce mais a cada ano do que de mudar seu modelo de negócios, já que a empresa claramente está criando limitadores para que ainda se torne interessante manter uma assinatura de TV a cabo para seus canais — como, por exemplo, a demora em disponibilizar as séries da CW. A previsão é de que a HBO Max seja lançada no segundo trimestre de 2020 e ainda não foi divulgado nenhuma previsão de quanto custará a mensalidade, mas acredita-se que deverá ser mais do que os US$ 15 que a empresa cobra pela HBO Now (o streaming da Warner que permite o acesso apenas a conteúdos do canal HBO).

Fonte: The Verge, Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.