Xiaomi passará a vender seus smartphones em máquinas de conveniência na Índia

Por Rafael Rodrigues da Silva | 15 de Maio de 2019 às 15h01
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

Na última segunda-feira (13) a Xiaomi anunciou que, assim como refrigerantes, barras de chocolate e salgadinhos, os smartphones da marca também serão vendidos em máquinas de conveniência.

De acordo com a empresa, ela irá instalar alguns Mi Express Kiosks na Índia, que serão nada mais do que máquinas de conveniência que vendem smartphones da marca chinesa. Essas máquinas serão instaladas em locais com bastante movimento de pessoas, como estações de metrô, aeroportos e shoppings, e os produtos poderão ser comprados através de cartões de crédito, débito, dinheiro ou UPI (sistema de pagamentos desenvolvido pelo governo indiano que consiste basicamente em efetuar uma transferência bancária entre duas contas sem a necessidade de se abrir o app do banco e digitar os dados de transferência manualmente).

Modelo de como será o Mi Express Kiosk, a máquina de conveniência da Xiaomi (Imagem: Xiaomi)

A principal vantagem dessas máquinas será poder oferecer os aparelhos a um preço menor do que na maioria das lojas, já que não só a empresa corta qualquer intermediário da transação entre a empresa e o cliente (como fornecedores regionais e os donos das lojas, que incluem margens de lucro além das da fábrica, o que acaba aumentando o preço final do produto).

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A implantação de quiosques não é a primeira tentativa da empresa em aproximar o produto da fábrica com o usuário final, e a empresa também já possui outras formas de venda direta, como o site Mi.com e as lojas Mi Home. Mas, de acordo com a empresa, os Mi Express Kiosks poderão oferecer preços ainda mais baixos do que nesses outros locais, já que a empresa não terá nenhum custo adicional com funcionários para que a venda seja efetuada.

As primeiras máquinas deverão ser instaladas já nos próximos meses, e até o fim do ano a empresa espera já ter espalhado esses equipamentos por todas as principais cidades da Índia.

Fonte: GSM Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.